• 23 Dezembro

    Alimentação no Natal e Ano Novo – como lidar com os excessos alimentares?

    Desengane-se quem ache que este é mais um artigo sobre transformar as iguarias de Natal em receitas saudáveis, de quanto açúcar pode reduzir nas rabanadas e nos sonhos da receita da avó ou de como cozinhar o peru ou o bacalhau da consoada com menos gordura. 
    Não. Este é um artigo sobre manter a forma e ser saudável desfrutando desta época com a TRADIÇÃO de sempre.

    | Conselhos para desfrutar desta época com todas as suas iguarias e a manter a forma |

    Nos dias festivos:
    Durante o dia comer normalmente antes da refeição festiva (ceia de Natal ou jantar de fim de ano), não esquecendo os lanches.
    Evitar petiscar enquanto prepara os alimentos.
    Mastigar bem os alimentos durante a refeição. 
    MODERAR as quantidades ingeridas.

    Nos dias após o Natal e Ano Novo:
    Congelar as sobras ou dividir o que sobrou com os convidados. 
    Fazer refeições leves. Optar por peixe e carnes brancas confecionados sem adição de gordura e sal (preferir grelhados, assados ou estufados ao natural) e acompanhar com legumes ou salada e cereais integrais (arroz ou massa integral).
    Evitar sobremesas e o consumo de bebidas alcoólicas. 
    Ingerir no mínimo 1,5L de água por dia, incluindo chás de ervas.


    Sobretudo,

    Lembre-se que não são as refeições que têm que mudar, mas sim a pessoa que deve mudar/ter atenção ao seu comportamento na hora de comer.

    Desfrute desta época sem alterar o que ela significa para si e para a sua família!

    Votos de um Feliz Natal e Próspero Ano Novo! 
    (Com a tradição de sempre!)